• Uncategorized
  • História de amor – Beta e Souto

    Nós já comentamos por aqui o quanto é importante conhecer as histórias de amor de nossas noivas para temperar com mais carinho o nosso trabalho. Vez ou outra revelamos essas histórias inspiradoras. Hoje quem conta a história é o noivo! O Fábio Souto casou com a Roberta em 18 de janeiro. Os encontros e desencontros desse amor ele conta nas linhas próximas. E como não pode faltar… A gente mostra um tantinho do lindo vestido da Beta e promete voltar logo mais pra contar em detalhes como foi a confecção dessa belezura!

    “Nascidos no Hospital Militar de Porto Alegre, nos primeiros anos de vida moraram em São Gabriel.Talvez tenha sido naquela época, nos idos de 1984,  que a dona Roberta com seus olhos azuis e cílios marcantes, tenha jogado o primeiro olhar para o pequeno Fábio. Os anos passaram, as crianças cresceram e o destino fez com que aquelas crianças viessem novamente a se encontrar. Fábio já era 2º Ten, morando em um Ap na frente da prefeitura de São Gabriel com seu amigo Macedo. Roberta já era advogada, com várias especializações, morando em Porto Alegre mas ainda muito ligada a São Gabriel, vindo em feriados e fins de semana para rever seus pais e amigos. Fábio gostava de jogar polo, passear com seu stilo prata e se dedicar as atividades da caserna. Fábio era bastante observador e por vezes via  uma loira em um celta branco,de codinome “BI”, desfilando pela cidade. Ele foi procurar saber quem era, ficou sabendo que era a tal da Beta. Dona Roberta era uma moça muito “cortejada”, o que desagradava Fábio, que não iria ser mais um a ficar na sua volta babando pela bela moça. No gelado mês de julho de 2007, Beta estava de férias junto com sua prima e os encontros ao acaso tornaram-se mais frequentes. Os dois cruzavam-se pelos clubes da cidade, na Choperia, e Fábio percebeu algo estranho. Por mais que mudasse o dia, o local, aqueles lindos olhos azuis tinham a estranha mania de estarem repetidamente alinhado aos seus. O que estava acontecendo? Beta queria fazer ciúme a alguém? Por mais autoconfiante que Fábio fosse, ele no fundo não acreditava que era pra ele que a mulher mais linda da cidade estava olhando. E assim os dias passaram, nenhuma palavra trocada, muitos amigos em comum, o suficiente para que Roberta de forma despretensiosa descobrisse quem era o tal rapaz. Em uma festa no Banana Café,kkkk, Fábio, que tinha acabado um longo namoro, confessa a um amigo, que só teria uma pessoa no mundo que o faria namorar, e que era aquela (Fábio aponta para o 2º andar onde encontrava-se a Dona Beta, mais uma vez cercada de gente). Aquela noite mudou nossas vidas, pois fofocas interioranas levaram Beta a ligar para o tal queixinho para tirar satisfações, o que resultou em um encontro. Beta não sabia que o “tal queixinho” era o rapaz que ela tanto olhava. Fábio, por sua vez sabia muito bem quem era a tal Roberta,kkkk. Ele arrumado com sua melhor roupa, ela descabelada acabando de chegar da manicure na frente de sua casa na João Manuel. Fábio se apresenta e com um sorriso envergonhado porém lindo, Beta fala a primeira vez com Fábio. A briga foi deixada de lado, Fábio e Beta finalmente conversaram um com o outro, ficaram juntos para não se desgrudarem mais. Os anos passaram, muitos anos, Fábio e Beta seguiram namorando, enfrentando desafios, distâncias e problemas, culminando com nosso casamento no dia 18. Aprendemos muito um com o outro, descobrimos que amar é muito mais doar-se do que possuir, é querer estar perto, é saber que nenhuma data ou festa tem a mesma graça sem a sua metade. Fábio que decidiu tudo tão rápido na vida, demorou para tomar essa decisão, não por ter medo ou por ter dúvida, mas por saber da importância que tem o casamento. Bebeta é linda, a mais linda, sempre será. Fábio sente orgulho de ser noivo da Beta e torce para que seus filhos tenham o caráter, educação e honradez da mãe. Beta, que é toda preocupada, descobre que sua morada não é Porto Alegre, Quaraí, São Gabriel ou qualquer lugar do mundo, descobre que sua casa é onde os dois estão, juntos e fortes”.

    Depois de tanta doçura… Olha a Beta aqui lindona na última prova do vestido!
    IMG-20140124-WA0006Felicidades ao casal!

  • Uncategorized
  • História de Amor – Andrea Almeida

    Criar um vestido de noiva único, tal qual os sonhos de nossas clientes, é uma tarefa que muito depende de habilidade técnica, mas menos do que se imagina. Percebo diariamente que o resultado da junção de tecidos, bordados e linhas faz parte de um conjunto de histórias outras muito maiores. Mais entrelaçadas do que as tramas dos tecidos nobres que compõe os vestidos.
    Falo dessas tramas do amor. Desses laços que unem os casais apaixonados na entrega sincera, na escolha por compartilhar uma vida juntos.
    Nesse pensamento meu, me deparo cada vez mais com a necessidade de ouvir a história que uniu o casal. Essa relação de afeto nutre o meu trabalho de criação e inspira todos nós no Atelier.
    Se nos inspira, espero que também inspire você, leitora querida do BLOG. Então, faz o seguinte… prepara o lencinho e vem ler comigo a história que a Andrea Almeida nos contou.

    “Tudo começou no final de 2007, quando nos conhecemos em uma festa através do meu aspirante a cunhado na época, hoje marido da minha irmã gêmea. Desde então, nunca mais conseguimos viver separados.
    Começamos a ficar e então ele me convidou ao primeiro “confronto” com a sua família, pois no dia 22 de dezembro de 2007, aconteceria a formatura do seu irmão. Bem, fui apresentada aos seus pais, irmãos, tios, primos etc etc; e no dia 23 de dezembro, quando acordávamos na maior ressaca, pedi ele em namoro. Foi um momento muito emocionante.
    A partir da oficialização do namoro, começamos a planejar os próximos passos. Tínhamos tanta certeza do nosso sentimento que no dia 15 de março de 2008, fomos morar juntos. Não foi fácil, pois tivemos que aprender a conviver diariamente, dividindo tudo, em paralelo a tudo isso, precisávamos nos conhecer.”
    DSC02095    (A foto do casal é de fevereiro de 2008)
    “Fizemos algumas viagens, mas havia uma que era maior, mais significante, era a realização de um sonho: em abril de 2012 fomos à Portugal, Itália e França. Passamos lá 16 dias e foi no 15º que, num jantar prá lá de romântico no Restaurante 58 da Torre Eiffel, às margens do Sena com a vista para o Trocadero, ele me pediu em casamento. Foi um momento de extrema felicidade de nós dois.
    E agora, cá estamos, casados oficialmente e felizes com este amor que já completa 6 anos”.
    DSC04354DSC04365DSC04366(As fotos todas ilustram o momento do pedido de casamento)
    Nos despedimos dessa linda história com os nossos sorrisos no Atelier:

    arrumando veudiversãoloja detalhesrolo de tuleAdoramos fazer parte da tua história, Andrea! Felicidades ao casal!

     

  • Uncategorized
  • A última prova – Vestido da noiva Cláudia Braga

    Escrevemos hoje para dividir com vocês as fotos da última prova no Atelier SANDRA FERRAZ do vestido de noiva da Cláudia Braga.
    As fotos são da fotógrafa Alessandra Pinho. Foi a própria Alê quem nos indicou para a Claudinha – a linda noiva que casou no dia 14 de setembro.
    Ela já esteve pelo BLOG nesse querido post onde divulgamos um tantinho do vestido para contar da homenagem que ela nos vez no site do casamento e na fanpage tínhamos também adiantado algumas fotos e prometido o ensaio completo aqui no blog (o post).
    Então, vamos a ele…
    _P5A4754
    _P5A4767Em se tratando de vestido de noiva, o cuidado com os detalhes das costas é sempre algo no qual centramos o nosso trabalho. No vestido da Cláudia, não foi diferente. Vejam a riqueza do acabamento em renda que repousa sobre os ombros e passeia pelas costas dando contorno a silhueta.

    _P5A4774_P5A4796Eram tantas as camadas de tafetá fininho cortados delicadamente de modo a criar essas ondas que faziam a noiva flutuar. E querem saber de uma coisa? Quem parecia flutuar mesmo, no dia do casório, era o noivo. O Jacson Simon exalava alegria e não tinha olhos para mais ninguém além da noiva.
    _P5A4753A Cláudia é dessas mulheres naturalmente lindas e acolhedoras. Desconfiamos que tenha sido esse charme natural que fez logo o Jacson se apaixonar. Eles se conheceram no Thomaz Pub em Porto Alegre (sim, gatonas! Existe a chance de encontrar um grande amor na noite!) e em 1 ano namoraram e casaram. Aaahh essas histórias amor!!! Como nós gostamos de ouvir…..

    _P5A4799Querem saber a novidade mais linda que todas as rendas do vestido da noiva? A Cláudia soube que está grávida uma semana antes do casamento!! Tá. Já podem soltar aquele AAAaaahhh longo e cheio de amor com a gente!

    Beijos, lindona! Felicidades Mil ao casal!