• Vestido de Noiva
  • Vestido de Noiva – Diana Wruck

    12508_0245

    Eu sei que sempre conto a mesma coisa.  Talvez as minhas leitoras pensem que isso é inventado, afinal qual atelier tem os momentos sempre perfeitos, conversas recheadas de risadas e companheirismo? Então,  o meu atelier!

    Sempre digo para as meninas que considero extremamente importante,  antes do vestido , a conexão.  Teremos juntas um relacionamento que no mínimo vai durar 6 meses. Relacionamento este em que uma mulher quer ver outra mulher o mais linda e encantadora possível.

    Com a Diana foi assim. Desde o primeiro contato, conexão imediata, nos entendemos só por um olhar.

    No segundo encontro, mudamos o vestido totalmente! Pensamos juntas em um outro modelo, acrescentando texturas e detalhes sem que isso interferisse em nada na nossa conexão.

    Ao final, a Diana estava deslumbrante em um vestido que mais parecia uma joia, com o corpo ajustado, de cetim noiva e saia de musseline, bem levinha, cortada a partir do quadril. Eu também sempre digo para as noivinhas que este corte deve ser estudado com bastante cuidado, pois pode aumentar o quadril ou diminuir, alongar pernas ou deixar o tronco muito longo. Durante as provas fazemos vários estudos em busca da posição perfeita.

    12508_0294

    Foram costuradas rendas bem marcantes, com desenhos grandes, mas escolhemos por utilizar apenas algumas para ficar leve e elegante. Entre estas rendas, para criar um detalhe extra de textura, colocamos voilette. Elas ganharam toque especial pois foram rebordadas com pérolas e cristais, concentrados no decote à frente e nas costas. Os bordados foram descendo para o corpo, suavemente diminuindo em direção à saia.

    Para o tão esperado dia, a Diana me convidou para acompanhá-la até a igreja, por conta desta fantástica conexão, que segundo ela, a deixou segura e confiante.

    12508_0327-1

    P.S. (MUITO IMPORTANTE)

    Tem um detalhe extra, muito interessante,  que a Diana, também,  irá saber somente agora.

    Há três anos atrás tive uma suspeita de nódulo cancerígeno no seio. Olhando os exames recentemente, eis quem era a médica que assinava o laudo atestando que não era maligno: Dra. Diana Wruck.

    Nós mulheres nos apoiamos, muitas vezes,  mesmo sem saber.

    12508_1338
    12508_1281

     

    Fotos: Fábio Martins