• Estilo
  • Seu estilo é descartável?

    clothes

    Já parou para pensar no caminho que a roupa percorre até chegar ao seu armário? Em todos que fazem parte dos processos que vão desde a escolha do tecido até o ajuste da bainha? Em tempos onde se fala sobre sustentabilidade e se vê notícias sobre trabalho escravo, pensar na origem da sua roupa está se tornando essencial e comprar de quem faz deixou de ser visto apenas como um luxo.

    Muitos ainda acreditam que roupas de designers são caras e inalcançáveis, mas isso nem sempre é verdade, principalmente se você preza mais o valor do que o preço. Uma vez que você veste uma peça feita com carinho e pensada nos mínimos detalhes, começa a se tornar mais exigente com material, acabamento e caimento. Você começa a sentir mais segurança em relação ao próprio estilo, a comprar com inteligência e a ter apenas roupas de qualidade e que representam quem você é. Suas roupas e seu estilo deixam de ser descartáveis.

    Um item criado por alguém que você conhece vale muito mais do que qualquer outro que você pode pegar em uma prateleira. Você não está comprando apenas um produto aleatório, mas sim algo com alma, com dedicação e história. Visite lojas de marcas autorais, conheça o estilista, pergunte sobre a coleção, visite o atelier e experimente as roupas. Pense na experiência como um todo e na sensação de não estar comprando apenas uma roupa bonita, mas algo que você vai poder admirar e se orgulhar. É assim que você descobre o verdadeiro valor daquela blusinha de R$100.

    Comprar de quem faz é investir no seu estilo e no sonho de outra pessoa. É estar ainda mais próximo de universo fashion sem ser fisgada pelo consumismo de tendências que duram menos de 5 lavagens. Comprando de quem faz você freia o consumismo, se torna uma consumidora mais exigente, aprende sobre moda e incentiva a economia local. Além disso, descobre que o estilo é algo que perdura independente da estação ou década.

  • Moda
  • Repetir roupa também é chique

    repetir-roupa-tambem-é-chique

    O que Kate Middleton, Michelle Obama, Anna Wintor e a rainha Elizabeth tem em comum? O hábito de repetir roupas. Graças a elas o que antes era considerado não cool, ganhou adeptas pelo mundo e se tornou símbolo do “ser fashion”, afinal, usar a mesma roupa é a maneira mais prática de afirmar o seu estilo.

    Repetir o look é uma questão de inteligencia, é a prova de que você sabe investir em roupas de qualidade, atemporais e que combinam perfeitamente com você. Também é uma questão de maturidade, em tempos onde se fala sobre sustentabilidade mostrar que você é adepta do consumo consciente só te torna melhor. As roupas que usamos dizem muito sobre nossa personalidade e sobre nossas escolhas, por isso nada é mais natural do que se apegar e usar muito aqueles peças que nos representam.

    É tudo uma questão de saber comprar. Como já diz Constanza Pascolato, “Se uma peça não vale ser repetida, também não vale ser comprada”. Por isso procure investir em peças de qualidade, com bom caimento, que combinem com outras peças do seu armário e representem seu estilo pessoal.  Peças de alta costura ou assinadas por estilistas costumam ser uma boa opção, pois são atemporais e impecáveis no quesito acabamento.

    Quando estiver em dúvida sobre repetir ou não aquele vestido, lembre que isso é sim sinal de elegância e sofisticação. Estar segura de suas escolhas e reafirmar seu estilo é chique e quanto mais você praticar, quanto mais você repetir, mais estará mostrando quem você é.